26 de jan de 2007

Resultado: Melhor Filme de Romance de 2006

Encerradas as votações para "O Melhor Filme Romântico de 2006"...
And the winner is:

O NOVO MUNDO


O Novo Mundo, de Terrence Malick, foi escolhido o Melhor Filme Romântico de 2006 pelos eleitores do Shintocine.

Ficha Técnica:
(The New World, EUA, 2005)
Drama - 135 min.
Direção: Terrence Malick.
Roteiro de Terrence Malick. Produzido por Sarah Green para a New Line Cinema / First Foot Films / Sunflower Productions LLC / Sarah Green Film Corp. / The Virginia Company LLC. Fotografia de Emmanuel Lubezki. Música de James Horner. Elenco: Colin Farrell (John Smith), Christopher Plummer (Captain Christopher Newport), Christian Bale (John Rolfe), Q'Orianka Kilcher (Pocahontas/ Rebecca), Arturo Tointigh Adrian (Core warrior/ Guia), Jason Aaron Baca (Parker), Yuriy Cherepnya (Zone 1 Warrior), Greg Cooper (Boatman), John Ghaly (British Soldier), Michael Greyeyes (Rupwew), Jamie Harris (Emery), Joe Inscoe (Ackley), Anthony Parker (Core Warrior), Lawrence Santiago (Core Warrior), Wes Studi (Opechancanough), Gary Sundown (Messenger/ Core Warrior), Noah Taylor (Selway), David Thewlis (Captain Edward Wingfield), August Schellenberg.
Sinopse: Virgínia,1607. A América do Norte permanecia praticamente a mesma dos cinco mil anos precedentes - uma vasta área de mata primitiva, aparentemente interminável, povoada por uma intrincada rede de culturas tribais vivendo em harmonia com o meio ambiente. Os nativos treinavam e praticavam o mergulho, a caça com arco e flecha, confeccionavam seus casacos de pele, faziam seu artesanato e cuidavam de suas plantações.
Tudo que seria preciso para desfazer o equilíbrio era uma invasão externa. O navio principal da flotilha de três caravelas vindas da Inglaterra chama-se Susan Constant.
Acorrentado abaixo do convés está um rebelde de 27 anos chamado John Smith (Colin Farrell), condenado à forca por insubordinação.
Veterano de inúmeras guerras européias, Smith é um respeitado explorador em busca de fortuna. Ele é talentoso e popular demais para ser pendurado pelo pescoço por seu próprio povo, e por isso ele é libertado pelo capitão Christopher Newport (Christopher Plummer) logo após a ancoragem do Susan Constant na Virgínia. Como sabe o capitão Newport e os colonos logo descobrirão, sobreviver nessa mata desconhecida exigirá os serviços de todos os homens de bom porte físico, que é, particularmente, uma das qualidades de Smith. Embora não tenham percebido isso na época, Newport e seu grupo de colonos britânicos desembarcaram no meio de um império indígena sofisticado, governado pelo poderoso chefe Powhatan (August Schellenberg). Para os colonos, esse pode ser um novo mundo. Mas para Powhatan e seu povo, trata-se de um mundo antigo - e o único que eles já conheceram.
Os ingleses, estrangeiros numa terra estranha, lutam desde o princípio, incapazes de se virar sozinhos, ou, em alguns casos, teimosamente indispostos a fazê-lo. Newport decide retornar à Inglaterra para buscar mais suprimentos, deixando a tarefa de liderar o processo de colonização para seus subordinados, entre eles John Smith, encarregado de entrar em contato com o chefe Powhatan e buscar ajuda dos homens locais da tribo.
Inesperadamente encontra uma jovem que a princípio parece mais um duende do bosque do que um ser humano. Uma jovem voluntariosa e impulsiva chamada pela família e pelos amigos carinhosamente de "Pocahontas" - ou "a divertida"-, ela é a filha preferida de Powhatan e interessa-se em aprender a língua inglesa e se comunicar com Smith.
Smith é capturado pelos nativos e levado à presença de Powhatan, que hesita entre matá-lo (extinguir a raiz da ameaça invasora) ou mantê-lo vivo (atendendo ao pedido de Pocahontas). Em pouco tempo, uma ligação se forma entre Smith e Pocahontas (Q'Orianka Kilcher), um vínculo tão forte que transcende a amizade ou mesmo o romance e acaba se tornando a base de uma das mais duradouras lendas americanas dos últimos 400 anos.
Os ingleses constroem um Forte com muralhas de toras de madeira. Um canhão é estrategicamente posicionado para proteger a colônia da hostilidade dos nativos, incomodados com a presença branca invasora, que se torna cada vez maior com a chegada de novas embarcações trazendo colonos em busca de recomeçar a vida na terra das oportunidades. Pocahontas é capturada a contragosto de Smith e levada como refém para o Forte para garantir que o rei Powhatan não mandará atacar os ingleses já que não colocaria em risco a vida de sua filha preferida. Pocahontas ganha uma cabana, roupas novas, livros e uma tutora, que vai ensiná-la a se comportar como uma “civilizada”.
Enquanto isso John Smith é convocado pelo rei da Inglaterra para explorar o caminho rumo às Índias pelas águas geladas do Ártico e precisa deixar a Colônia.
Entre os novos colonos da Virgínia está John Rolfe, que dedica-se ao cultivo do tabaco e interessa-se pela silenciosa Pocahontas, que havia recebido a falsa notícia da morte do Capitão Smith.

Com essa enquete encerramos as enquetes que elegeram os melhores de 2006...
Agredecemos a todos pelos votos e a Airton Shinto, dono do Shintocine, que nos permitiu publicar suas enquetes, que fizeram com que nosso blog ficasse com mais conteúdo interativo...

Essa e todas as outras enquetes que elegeram "Os Melhores Filmes de 2006" foram publicadas simultaneamente no Shintocine e no Prestreia

Um comentário:

Anônimo disse...

healing scars natural remedies

Here is my website: scar removal Kossuth