31 de out de 2007

Top 10 - Halloween

Para comemorar o dia do Halloween fiz uma lista com 10 filmes de terror mais "aterrorizantes". Desde já agradeço àqueles que me ajudaram: Tomás, Jean, John, Idelson, Marquinhos, Leonardo, Babinha, Gustavo e os demais que não lembro os nomes agora. Aí vai a lista, espero que gostem:

10°) Pânico (Scream)
Numa pacata cidadezinha, jovens começam a receber ligações de maníaco que faz perguntas sobre filmes de horror. Quem erra, morre. As perguntas seguem uma lógica que será desvendada numa grande festa escolar. Pânico foi incluência para muitos filmes do gênero desde então. É o décimo da lista.



9°) Psicose (Psycho)
Secretária (Janet Leigh) rouba 40 mil dólares para se casar. Durante a fuga, erra o caminho e chega em um velho motel, onde é amavelmente atendida pelo dono (Anthony Perkins), mas escuta a voz da mãe do rapaz, dizendo, que não deseja a presença de uma estranha. Mas o que ouve é na verdade algo tão bizarro, que ela não poderia imaginar que não viveria para ver o dia seguinte. Recebeu 4 indicações ao Oscar e foi refilmado em 1998. É o nono da lista.

8°) Hellraiser (Hellraiser)
Um cubo que abre as portas do céu e do inferno faz com que um homem morra. Anos mais tarde, quando seu irmão volta a morar na casa da família, ele tem uma chance de ter seu corpo recomposto. Aterrorizou muita gente nos anos 80 e foi o primeiro de uma franquia de 8 filmes. Fica com a 8ª posição.




7°) Poltergeist - O Fenômeno (Poltergeist)
Família é visitada por fantasmas em sua casa, que inicialmente se manifestam apenas movendo objetos pela casa mas gradativamente vão aterrorizando a família cada vez mais, chegando a "seqüestrar" a caçula, levando-a para outra dimensão através do tubo de imagem do televisor. Os pais se desesperam e uma especialista em fenômenos paranormais sugere que eles devam ser ajudados por uma mulher com poderes mediúnicos. Foi indicado em 3 categorias ao Oscar e é o primeiro episódio de uma trilogia. É o sétimo da lista.

6°) Halloween - A Noite do Terror (Halloween)
Michael Myers (Tony Moran) é um psicopata que vive em uma instituição há 15 anos, desde quando matou sua própria irmã. Porém, ele consegue fugir de seu cativeiro e retorna à sua cidade natal para continuar seus crimes na localidade que, aterrorizada, ainda se lembra dele. Clássico dos filmes de terror. Aqui fica com a 6ª posição.



5°) O Iluminado (The Shining)
Durante o inverno, um homem (Jack Nicholson) é contratado para ficar como vigia em um hotel no Colorado e vai para lá com a mulher (Shelley Duvall) e seu filho (Danny Lloyd). Porém, o contínuo isolamento começa a lhe causar problemas mentais sérios e ele vai se tornado cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo que seu filho passa a ter visões de acontecimentos ocorridos no passado, que também foram causados pelo isolamento excessivo. Clássico com Jack Nicholson, apesar de ter recebido duas indicações ao Framboesa de Ouro, aqui ele fica com a 5ª posição.

4°) A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street)
Um grupo de adolescentes tem pesadelos horríveis, onde são atacados por um homem deformado com garras de aço. Ele apenas aparece durante o sono e, para escapar, é preciso acordar. Os crimes vão ocorrendo seguidamente, até que se descobre que o ser misterioso é na verdade Freddy Krueger (Robert Englund), um homem que molestou crianças na rua Elm e que foi queimado vivo pela vizinhança. Agora Krueger pode retornar para se vingar daqueles que o mataram, através do sono.

3°) A Bruxa de Blair (The Blair Witch Project)
Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo é encontrada na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino. Também indicado ao Framboesa de Ouro, dessa vez por Pior Filme, mas aqui fica com o bronze.

2°) Sexta-Feira 13 (Friday the 13th)
No Lago Cristal, um acampamento de férias, dois adolescentes foram assassinados. Vinte anos após o crime o acampamento reabre, mas uma série de novas mortes acontecem novamente. Mais um que foi indicado ao Framboesa de Ouro, inclusive pior filme, mas aterrorizou muita gente daquela época e de outras. É o primeiro de uma franquia de 9 filmes, além do tosco Freddy vs. Jason. Aqui Jason e a Sexta-Feira 13 levam a prata.

1°) O Exorcista (The Exorcist)
Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que é também um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão. É o filme de terror mais premiado de todos os tempos e o único a ser indicado ao Oscar. Mais que merecido o ouro para O Exorcista.

30 de out de 2007

O Exorcista deve ganhar remake

Quem não ficou com o filme O Exorcista na cabeça por um bom tempo após tê-lo assistido? Quem não ficou aterrorizado ao ver a cena da cabeça da menina possuída Regan girando ou a cena em que ela desce as escadas daquela maneira assustadora? Com certeza O Exorcista ficou na cabeça de muita gente que aprecia filmes do gênero e de quem não aprecia também.

Pelo jeito não vai ser só o Brinquedo Assassino que vai sair de suas continuações na linha trash. O Exorcista, clássico dos anos 70, poderá ser refilmado. Pelo menos é o que diz a atriz Linda Blair, que interpretou Regan, hoje com 48 anos. Agora, uma pergunta fica no ar: será que o filme irá fazer tanto sucesso hoje quanto fez naquela época? Hoje em dia nada do que é mostrado no filme é mais novidade.

O Exorcista foi o único filme de terror a ser indicado ao Oscar de Melhor Filme. Além desta categoria o filme foi indicado em mais nove: Melhor Diretor, Melhor Atriz (Ellen Burstyn), Melhor Ator Coadjuvante (Jason Miller), Melhor Atriz Coadjuvante (Linda Blair), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte e Melhor Som. Levou apenas duas estatuetas: a de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Som. Isso sem falar nos 4 Globos de Ouro que o filme levou (Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor, Melhor Roteiro e Linda Blair como Melhor Atriz Coadjuvante) e mais 3 indicações (Ellen Burstyn como Melhor Atriz - Drama, Max von Sydow como Melhor Ator Coadjuvante e Linda Blair como Melhor Revelação Feminina).

Houveram ainda mais 3 filmes da franquia, que nem de longe obtiveram o mesmo sucesso que o primeiro. São eles: O Exorcista II - O Herege (lançado em 1977), O Exorcista III (lançado em 1990) e, o mais recente, O Exorcista - O Início (lançado em 2004). Em 2000, O Exorcista foi relançado nos cinemas americanos, com uma nova cópia, som digital e 11 minutos de cenas extras inseridas ao longo do filme.

O que pode causar mais medo no público que assiste é o fato de saber que 8 pessoas da produção morreram durante as filmagens de forma ainda não explicada. Espero que as pessoas que participarem da produção desse possível remake não fiquem apreensivos quanto a isso.


--

Abrindo um parênteses aqui, tenho um convite a todos os cinéfilos pernambucanos e aos apreciadores dos filmes de terror. Nesse sábado irá acontecer um evento na Saraiva Mega Store, no Shopping Recife, que abordará exatamente esse assunto: filmes de terror. O evento se chama "Tarde do Terror" e terá incício às 14 horas. A entrada é gratuita. Mais informações no site do Cineflash.

29 de out de 2007

Tá Dando Onda


Sem nem arrudeios, “Tá Dando Onda” é simplesmente magnífico nos aspectos técnicos! Acho que nunca o elemento natural água foi tão bem feito em CG do que como agora. E não venha dizer que “Procurando Nemo” tem água que só também. Tem sim, mas Procurando Nemo é passado quase todo que DENTRO do mar. Vai fazer ondas quebrando, interação direta com a superfície da água “pra tu vê o que é bom”. Acho que são quase todas as cenas do filme que têm interação direta com a superfície da água. E as que não têm passam rápido.
O desenho das paisagens também está lindo! E talvez “lindo” seja a palavra que descreva os aspectos técnicos desse filme. Inovador desde o começo, para um filme de animação 3D, o filme tem estrutura como documentário. Com direito a câmera correndo atrás de depoimento, filmando na surdina e tudo mais! E sobre o que se trata o documentário em questão? Sobre o Grande Z, o maior surfista que esse mundo já viu! Contado pelo ponto de vista do jovem Cadú Maverick, e o que nem sempre corresponde a realidade dos fatos, pois “imagens” de arquivos geralmente contradizem Cadú, vemos a história de um jovem que tem um sonho, e que um dia teve um encontro com seu ídolo, quando este visitou o Frio de Janeiro.
A coisa muda de figura quando um empresário explorador sai em busca de novos talentos para o campeonato de Surf. Cadú literalmente se joga atrás dessa chance. E a partir daí o filme se desenvolve com novos personagens divertidos, e um que rouba a cena toda vez que aparece. João Frango é aquele “cara” que leva a vida na boa, na paz. João é aquele cara que não faz nada e se dá bem.
Antes de mais nada vale ressaltar que o filme tem várias mensagens importantes a passar. Primeiro, vira completamente o conceito sobre competir. Em um mundo tão competitivo como hoje vale quase tudo para vencer, mas só que o filme passa a outra mensagem, o esforço para vencer conta, o aprendizado. O importante não é competir, é ir atrás do que se quer.
Destaco aqui que vi a versão Nacional do filme. Ótima escolha quando resolveram adaptar o filme. Desde o “Frio de Janeiro” até o “João Frango”, que na versão oficial é do meio oeste americano, e aqui é do Pantanal. As adaptações na fala também foram muito acertadas. Trabalho excelente!
Foi-se o tempo que animação 3D era filme infantil! 3D é só mais uma ferramenta para contar histórias que de outra maneira não poderiam ser contadas, ou dar até mais substância a algo. No fim do ano vem ai uma animação para adultos (Beowulf ).
Os pingüins estão pegando moral nos cinemas. Já é o terceiro filme com as aves que não voam. Já dá até pra fazer piada entre os filmes. Mano que o diga.

25 de out de 2007

DiCaprio volta a ser dirigido por Scorsese


Depois de Gangues de Nova York, O Aviador e o último vencedor do Oscar, Os Infiltrados, Leonardo de Caprio e Martin Scorsese estão envolvidos novamente num mesmo projeto...
Dessa vez, eles trabalharão na adaptação do livro Shutter Island, de Dennis Lehane, autor da obra inspiradora de Sobre Meninos e Lobos, de Clint Eastwood...
O livro conta a estória de Teddy Daniels, um policial que investiga o desaparecimento de uma assassina...
Leonardo DiCaprio fica com a missão de interpretá-lo...
O roteiro fica por conta de Laeta Kalogridis, roteirista, também, do filme Alexandre...
É provável que o filme saia ainda no próximo ano...

Chucky vai voltar!

Isso mesmo!!!
O brinquedo mais temido de todos os tempos voltará às telonas...
Pelo menos é o que diz David Kirschner...
“Estamos discutindo o projeto com Don Mancini, que escreveu todos os outros filmes. Queremos refilmar o primeiro Brinquedo Assassino e ainda adicionar mais elementos para fazer uma versão ainda mais assustadora”, revela o produtor...
Segundo ele, o novo filme do Brinquedo Assassino terá algumas novidades, as quais ele prefere manter sigilo...

Quanto a elenco e direção, nada está resolvido...
Por enquanto, o interesse principal de Kirschner é o roteiro do filme, que certamente sofrerá mudanças...
Os atores que participaram do filme de 1988, participam de uma edição comemorativa em DVD de 20 anos do Brinquedo Assassino, que será lançado nos EUA no ano que vem...
Quanto ao remake, é muito cedo para pensar se eles participarão ou não...
Vamos ver no que isso vai dar...

22 de out de 2007

Superbad - É Hoje! E é legal!




Posso testar sendo pego pelo entusiasmo, mas a verdade é que Superbad é muito legal. Quando o filme acaba fica uma idéia de “caramba, que filme legal, parecia ser mais do mesmo, mas chega a ser até sentimental!”. Quem via o trailer podia achar que viria por ai mais um American Pie disfarçado com nova roupagem, a verdade é que é Superbad é bem superior. Pra quem gosta das piadas escatológicas e das situações constrangedoras American Pie realmente esta cheia dessas. Superbad meio que deixa a escatologia de lado e se apega mais nas situações. E elas não são tão forçadas. Na verdade são bem naturais. Seth é tão chato, tão boca suja, que é realista, não é caricato. Evan é aquele cara educado, bonzinho até demais, e que no fim das contas foi recompensado.
Já Fogel é aquele cara doidão que com os seus similares banca de “bonzão” mas quando vai fazer o que tem em mente é o manesão.
Azar é palavra pequena para o que essa turma atravessa até o fim do filme. É uma mazela danada até conseguirem o objetivo final! E olhe que explicitamente só um consegue!
Sem ser escroto mais ao mesmo tempo de tiradas afiadas, Superbad vai envolvendo o espectador, principalmente os do sexo masculino, com os objetivos das personagens.
Eles só queriam fazer parte do padrão, ser iguais aos populares, mas o que o filme mostra é o que eles percebem depois, é que eles não precisam ser populares para se dar bem. Tentar se tornar o que não eram só foi piorando tudo.
Algumas cenas merecem destaque. A fuga de McLovin ( dono da frase que já ficou no imaginário “I’m McLovin”) é muito engraçada. Ver dois tiras marmanjos que só querem saber de farrear ensinando um garoto os prazeres da vida e tirando onda de todos ficou parecendo coisa de filme até um certo ponto, mas num determinado momento eles se explicam, e por incrível que pareça tudo faz sentido. E não vou falar mais porque corro o risco de me empolgar e acabar contando as boas tiradas do filme.
Mas o que torna o filme diferente dos demais é seu final. Na verdade, a partir de um pouco mais da metade para o fim o filme foge um pouco do que era de se esperar. E é gratificante. Na verdade é um filme que fala sobre amizade e as aventuras dessa época. Uma fase de mudanças, de muitos aperreios e que deixa a todos muito apreensivos. O plano final do filme mostra bem essas mudanças. Chega uma hora em que tudo muda, mais cedo ou mais tarde.
Dava pra acabar meu comentário sobre o filme com o parágrafo anterior mas não ia ser um comentário honesto se eu não falasse da trilha sonora. Desde o começo ela é de suma importância para o filme. Reparem nos créditos inicias. Um tom retro que permeia todo o filme. Não toca sequer um pop atual, o filme não precisa disso.Não que os pops atuais sejam ruins, mas ai já é apelar para cair no gosto do espectador, associar o que esta na moda a imagem do filme é apelar.
Para mim é um filme que vale o ingresso.

21 de out de 2007

t.A.T.u. nas telonas

A adaptação para o cinema do livro inspirado na banda, t.A.T.u Come Back, de Aleksey Mitrofanov tem previsão de estréia para esse mês nos EUA...
A dupla de garotas (Yulia Volkova e Lena Katina) é conhecida por terem se declarado lésbicas, com seu clipe de estréia "All the things she said", onde as duas aparecem trocando beijos e carícias...
O filme parte desse princípio...

Finding t.A.T.u conta a história de duas garotas lésbicas que se conhecem no show das t.A.T.u e começam a se envolver, até que decidem jogar tudo para o alto e seguir a banda em sua turnê, onde muita coisa acontece...
O filme aborda temas polêmicos como drogas, homossexualismo, rebeldia, fanatismo, entre outros...

A direção de Finding t.A.T.u fica por conta de Rolland Joffé, conhecido por A Letra Escalarte...
Quem faz parte do elenco é a atriz Mischa Barton, que interpretava a Marissa Cooper, em The O.C....
Ela interpretará a adolescente russa Lana, uma das protagonistas do filme...
Já Yulia e Lena, farão uma participação no filme interpretando elas mesmo em um show...

"t.A.T.u", em russo "Taty", significa "essa ama aquela"...
Mais apropriado, impossível, concorda?
O filme não tem previsão de estréia no Brasil...
Confira uma pequena preview do filme clicando aqui.

20 de out de 2007

O Exterminador do Futuro 4 sem Schwarzenegger?

Parece que enfim o 4º filme da série O Exterminador do Futuro sairá do papel...

Porém, talvez o próprio exterminador, o atual político Arnold Schwarzenegger, não participará desse 4° filme...
A Warner Bros adquiriu os direitos de distribuição de Terminator Salvation: The Future Begins nos Estados Unidos e planeja lançá-lo no verão americano de 2009...
Com a entrada do estúdio os produtores têm garantias de financiamento, o que possibilita o planejamento para que as filmagens comecem no ano que vem...
O roteiro do novo filme já está pronto, de autoria da dupla John Brancato e Michael Ferris, e será situado no futuro, apesar de não ter sido divulgado em qual momento exato da cronologia da série...
McG (As Panteras) está cotado para assumir a direção, sendo que não está definido se Arnold Schwarzenegger, astro da série, terá alguma participação no novo filme...
Vamos ver no que isso vai dar...

18 de out de 2007

Tropa de Elite versus Pessimistas - Round 2


Como já era de se esperar, Tropa de Elite assumiu o topo das bilheterias brasileiras com sua estréia pelos outros estados do país...
O filme já arrecadou R$ 4 milhões pro bolso com duas semanas nas telonas do Rio e São Paulo e uma semana nas demais localidades...
Com isso, deu um chega-pra-lá no, até então, primeiro colocado Resident Evil 3: A Extinção, que cai para o segundo mais assistido do fim de semana (vide lista na coluna da direita)...
Com todo esse sucesso Tropa de Elite deixa lá embaixo o queixo de quem apostou na decepção de bilheteria que seria o filme...

E pra deixar mais caído ainda, o filme talvez vire um seriado de tv...
Pois é...
A informação é que as duas grandes emissoras que negociam os direitos sobre a idéia e o título têm ofertas diferentes para conduzir a nova produção...
Uma sugere que o próprio Padilha assine a concepção do programa, enquanto a outra propõe que o diretor abra mão da direção...
Embora o diretor não revele o nome das interessadas, sabe-se que a disputa está entre Globo e Record...
A principal questão na adaptação do argumento de Tropa de Elite para a TV é saber se as concessões necessárias à transposição da telona para a telinha não vão derrubar a força do enredo...
Ao criar um derivado de Cidade Deus para a TV, por exemplo, sob o título de Cidade dos Homens, a Globo teve de aliviar toda a violência estampada no filme.
Mas até lá, muitas águas vão rolar...
Por enquanto deve-se pensar no sucesso do filme nas telonas, que não é nada pequeno...

12 de out de 2007

Tropa de Elite derruba os pessimistas

Pois é...

Para quem pensou que com aquele incidente com Tropa de Elite o filme não teria uma bom público nos cinemas, deu com a cara na parede...
No último fim de semana, Wagner Moura e companhia ficaram em segundo lugar no ranking (confira na coluna à direita), ficando atrás apenas de Resident Evil: A Extinção, derrubando O Vidente Nicolas Cage que estava liderando anteriormente...
Mas, claro, deve ser levado em consideração que Tropa de Elite estreiou apenas em São Paulo e no Rio de Janeiro...
O filme teve um público de cerca de 180 mil espectadores, sendo exibido em 171 cinemas...
Ou seja, mais de mil pessoas por sala...
Há um tempo um filme brasileiro não consegue esse feito...
O filme obteve recorde de pirataria sem setembro, estréia em apenas dois estados e fica em segundo lugar no ranking...
Nada mal...
Outras cidades poderam ver o BOPE nas telonas a partir de hoje...
Vamos ver o que dá nesse fim de semana...
Realmente Tropa de Elite é osso duro de roer...