23 de jan de 2008

Oscar 2008 - Indicados


Saiu ontem a lista dos Indicados ao Oscar 2008. Para variar, o Brasil fica de fora dessa competição. O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias não ficou entre os 5 indicados na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. A liderança por aqui fica por conta de Onde Os Fracos Não Têm Vez e Sangue Negro, ambos com 8 indicações, seguidos por Desejo e Reparação e Conduta de Risco, ambos com 7. Além desses, Juno também está indicado na categoria de Melhor Filme, uma das 4 categorias em que foi indicado. Ratatouille, líder de vitórias no Blog de Ouro e favorito ao Oscar de Melhor Animação, por aqui fica com 5 indicações, sendo a animação da Pixar mais bem-sucedida no Oscar. Veja a lista completa (e atrasada):

Melhor filme:
- “Juno”
- “Onde os fracos não têm vez”
- “Sangue negro”
- “Desejo e reparação”
- “Conduta de risco”

Melhor diretor:
- Julian Schnabel (“O escafandro e a borboleta”)
- Joel e Ethan Coen (“Onde os fracos não têm vez”)
- Tony Gilroy (“Conduta de risco”)
- Jason Reitman (“Juno”)
- Paul Thomas Anderson (“Sangue negro”)

Melhor ator:
- Daniel Day-Lewis (“Sangue negro”)
- Johnny Depp (“Sweeney Todd – o barbeiro demoníaco da Rua Fleet”)
- George Clooney (“Conduta de risco”)
- Tommy Lee Jones (“No vale das sombras”)
- Viggo Mortensen (“Senhores do crime”)

Melhor ator coadjuvante:
- Javier Bardem (“Onde os fracos não têm vez”)
- Tom Wilkinson (“Conduta de risco”)
- Hal Holbrook (“Na natureza selvagem”)
- Casey Affleck (“O assassinato de Jesse James”)
- Philip Seymour Hoffman (“Jogos do poder”)

Melhor atriz:
- Julie Christie (“Longe dela”)
- Marion Cotillard (“Piaf – um hino ao amor”)
- Ellen Page (“Juno”)
- Cate Blanchett (“Elizabeth – the golden age”)
- Laura Linney (“The savages”)

Melhor atriz coadjuvante:
- Cate Blanchett (“Não estou lá”)
- Amy Ryan (“Medo da verdade”)
- Saoirse Ronan (“Desejo e reparação”)
- Tilda Swinton (“Conduta de risco”)
- Ruby Dee (“O gângster”)

Melhor longa de animação:
- “Ratatouille”
- “Persépolis”
- “Tá dando onda”

Melhor filme em língua estrangeira:
- “The counterfeiters”, de Stefan Ruzowitzky (Áustria)
- “Beaufort”, de Joseph Cedar (Israel)
- “Mongol”, de Sergei Bodrov (Cazaquistão)
- “Katyn”, de Andrzej Wajda (Polônia)
- “12”, de Nikita Mikhalkov (Rússia)

Melhor roteiro original:
- “Juno”
- “The savages”
- ”Ratatouille”
- “Conduta de risco
- “Lars and the real girl”

Melhor roteiro adaptado:
- “O escafandro e a borboleta”
- “Onde os fracos não têm vez”
- “Desejo e reparação”
- “Longe dela”
- “Sangue negro”

Melhor direção de arte:
- “O gângster”
- “Desejo e reparação”
- “A bússola de ouro”
- “Sweeney Todd – o barbeiro demoníaco da rua Fleet”
- “Sangue negro”

Melhor fotografia:
- “O assassinato de Jesse James...”
- “Desejo e reparação”
- “O escafandro e a borboleta”
- “Onde os fracos não têm vez”
- “Sangue negro”

Melhor mixagem de som:
- “O ultimato Bourne”
- “Onde os fracos não têm vez”
- “Ratatouille”
- “3:10 to Yuma”
- “Transformers”

Melhor edição de som:
- “O ultimato Bourne”
- “Ratatouille”
- “Onde os fracos não têm vez”
- “Sangue negro”
- “Transformers”

Melhor trilha sonora original:
- Dario Marianeli (“Desejo e reparação”)
- Alberto Iglesias (“O caçador de pipas”)
- Marco Beltrami (“3:10 to Yuma”)
- James Newton Howard (“Conduta de risco”)
- Michael Giacchino (“Ratatouille”)

Melhor canção original:
- “Falling slowly”, de Glen Hansard e Marketa Irglova (“Once”)
- “Happy working song”, de Alen Menken e Stephen Schwartz (“Encantada”)
- “Raise it up”, autor a ser determinado (“August rush”)
- “So close”, de Alan Menken e Stephen Schwartz (“Encantada”)
- “That’s how you know”, de Alan Menken e Stephen Schwartz (“Encantada”)

Melhor figurino:
- “Across the universe”
- “Desejo e reparação”
- “Elizabeth: a era de ouro”
- “Piaf – um hino ao amor”
- “Sweeney Todd – o barbeiro demoníaco da rua Fleet”

Melhor documentário
- “No end in sight”
- “Operation homecoming”
- “SOS saúde”
- “Taxi to the dark side”
- “War/dance”

Melhor documentário de curta-metragem
- “Freeheld”
- “La corona”
- “Salim Baba”
- “Sari’s mother”

Melhor edição:
- “O ultimato Bourne”
- “O escafandro e a borboleta”
- “Na natureza selvagem”
- “Onde os fracos não têm vez”
- “Sangue negro”

Melhor maquiagem:
- “Piaf – um hino ao amor”
- “Norbit”
- “Piratas do Caribe – no fim do mundo”

Melhor animação de curta-metragem:
- “I met the Walrus”
- “Madame Tutli-Putli”
- “Meme lês pigeons vont au paradis”
- “My love”
- “Peter and the wolf”

Melhor curta-metragem:
- “At night”
- “Il supplente”
- “Le Mozart des pickpockets”
- “Tanghi argentini”
- “The tonto woman”

Melhores efeitos especiais:
- “A bússola de ouro”
- “Piratas do Caribe – no fim do mundo”
- “Transformers”


A cerimônia de premiação da 80ª edição do Academy Awards acontecerá, se a greve não interferir, no dia 24 de fevereiro.

4 comentários:

Gabriel disse...

Dos filmes que estão concorrendo para melhor filme, eu não vi nenhum :D

Uma pena que "o Ano..." não conseguiu uma indicação.
Gostei do seu blog.
Até Mais!

Alex Gonçalves disse...

Acho que mesmo com algumas mancadas, como a total ausência de “Antes Que O Diabo Saiba Que Você Está Morto” na lista dos finalistas, este Oscar 2008 promete. Difícil vai ser desvendar neste instante quais serão os possíveis vencedores do prêmio, já que nem tudo o Globo de Ouro está batendo com o Oscar.

Vinícius P. disse...

Apesar do esquecimento inesperado de "O Ano" entre os filmes estrangeiros, essa talvez seja a melhor seleção do Oscar em muito tempo. Da categoria principal, vi apenas "Desejo e Reparação" e "Conduta de Risco" (adorei ambos), mas os demais também devem ser filmaços. E que bom ver "Ratatouille" com cinco indicações!

Davi Arloy disse...

É esperar pra ver se a greve nao interfere como no Golden Globe né?!