2 de fev de 2008

Sunshine - Alerta Solar (Sunshine, 2007)

Sob direção de Danny Boyle (Extermínio), Sunshine- Alerta Solar se passa em um futuro não muito distante, onde o Sol corre risco de acabar, levando ao fim da humanidade. Para resolver esse problema uma nave, a Icarus I, é enviada para pôr um explosivo enorme no Sol, mas fracassa. Sete anos após, uma nova tripulação é enviada em outra nave, a Icarus II, que no meio do caminho encontra a primeira nave, o que divide a tripulação quanto aos objetivos prioritários. Com Cillian Murphy (Ventos da Liberdade), Chris Evans (Quarteto Fantástico) e Michele Yeoh (Memórias de Uma Gueixa).

Quando eu vi o nome do Chris Evans no elenco já vi que coisa boa não seria. E não errei. O filme até empolga no desenvolvimento da trama, mas tudo é destruído quando se aproxima do final. Efeitos meia-boca, atuações meia-boca, até o Cillian Murphy, que fez um ótimo trabalho no recente Ventos da Liberdade, está meia-boca. Sunshine - Alerta Solar decepciona os fãs de cinema tanto quanto decepciona os fãs de Sci-Fi.

O filme ainda causa um efeito "claustrofóbico", por toda a trama se passar unica e exclusivamente dentro da bendita Icarus II. No máximo, são mostrados uns flashbacks da nave anterior, mas nada de muito significativo. Isso sem falar no estilo "filme teen de terror", onde cada um vai morrendo como se fosse uma eliminação do Big Brother, até restar o mínimo. Houveram sim, coisas boas em Sunshine - Alerta Solar, entre elas eu destacaria a atuação do Chris Evans, que não é lá essas coisas, mas é bem superior a seus outros trabalhos.


4 comentários:

joao disse...

fala grande parei dmano agora to so atualizando a comu, agora eh parada soh estudando e tempo pra namorada pq eh de regra neh ? kkkk
abraço mano
e tu como ta a facul?
pow ru tenho esse filme sh que ta dando pau :S

Johnny Strangelove disse...

Amigo, lembra do que comentei com o pessoal do Luau, se não se lembra, é bom recapitular, ele é um ótimo filme, porém quis ser 2001 dessa geração e foi nessa pretenção que ele derrapou ... quis ser 2001 ... terminou como 2010 ... até amigo

Wally disse...

Acho um tremendo de um ótimo filme. Uma verdadeira viagem cinematográfica ao desconhecido, ao mesmo tempo que um estudo de insanidade e, como não poderia faltar em filme de Boyle, a busca pela sobrevivencia. Cillian Murphy está ótimo (quando é que não está?) e admirei muito a direção de Boyle, como também a parte técnica. Belo cinema. ****

Ciao!

Vinícius P. disse...

Bem, eu considero esse filme o mais próximo que conseguimos chegar de um "2001" da atualidade. Sou fã do Boyle e aqui ele realiza outro grande trabalho, um filme que não perdeu minha atenção em momento algum e que conta com os melhores efeitos especiais do ano (até bom para largar da bobagem visual de muitos filmes hollywoodianos). Para mim funcionou completamente, inclusive ficou em décimo primeiro no meu ranking de 168 filmes vistos em 2007.

Abraço!